De caverna a casa de sonho em…mil horas

De caverna a casa de sonho em…mil horas

 

Em busca de uma vida mais simples, um ex chefe corporativo decidiu largar tudo para se tornar um homem das cavernas. E para isto, gastou US$ 200 mil (cerca de € 185 mil ou R$ 900 mil) para reformar uma caverna que foi ocupada durante 700 anos na zona rural de Worcestershire, na Inglaterra, até ser deixada ao abandono em 1962.

 

Angelo Mastropietro, australiano de 38 anos, inspirou-se para mudar a vida depois que lhe foi diagnosticado esclerose múltipla, em 2007. A doença fez com que ele ficasse um período paralisado, e este repouso “obrigou-o” a refletir muito sobre as coisas que realmente são importantes para ele.

 

“A minha vida antes de ser um homem das cavernas era muito diferente”, conta ele para o Oddity Central. “Assim como a maioria das pessoas, eu tinha ambições na minha carreira e no mundo corporativo. E depois tive uma quebra que me deixou praticamente paralisado, o que foi um catalisador para repensar onde estava e para onde ia com o meu estilo de vida. Eu queria estar num lugar onde pudesse ter uma vida feliz e saudável“.

 

E ele completa a contar que o seu nome quer dizer “mestre das pedras”. Orgulhoso do seu trabalho, Angelo diz que amou o desafio e, apesar do estado de saúde, passou mil horas a trabalhar e a cavar umas 70 ou 80 toneladas de rochas. Foi tudo documentado na página que criou para o efeito, a The Rockhouse Retreat (“Retiro da Casa de Pedras”, em tradução livre).

 

Fiquem com fotos da obra

 

[pub_quadro_exoclick]

caverna1

 

caverna2

 

caverna4

 

caverna6

 

caverna7

 

caverna8

 

[pub_quadro_exoclick]

caverna9

 

caverna13

 

caverna14

 

caverna15

 

caverna16

 

RockhouseRetreat_interna

 

RockhouseRetreat1

 

RockhouseRetreat2

 

[pub_quadro_exoclick]

Grand Designs Series 15

 

RockhouseRetreat4

 

RockhouseRetreat5

 

RockhouseRetreat6

 

RockhouseRetreat7

 

[pub_quadro_exoclick]

RockhouseRetreat8

 

Grand Designs Series 15