Luanda antiga, antes de 1975 a cores

Luanda antiga, antes de 1975 a cores

Luanda é a capital e a maior cidade de Angola. Localizada na costa do Oceano Atlântico, é também o principal porto e centro económico do país. Constitui um município subdividido em seis distritos urbanos e é também a capital da província homónima.

Foi fundada a 25 de janeiro de 1576 pelo fidalgo e explorador português Paulo Dias de Novais, sob o nome de São Paulo da Assunção de Loanda, conta com uma população de aproximadamente 8.3 milhões de habitantes, o que a torna a terceira mais populosa cidade lusófona do mundo, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, ambas no Brasil — e, efectivamente, a mais populosa capital lusófona do mundo, à frente das demais, incluindo Maputo, Brasília e Lisboa.

As indústrias presentes na cidade incluem as de transformação de produtos agrícolas, produção de bebidas, têxteis, cimento, recentemente fábricas de montagem de carros, materiais de construção, plásticos, metalurgia, cigarros e sapatos. O petróleo, extraído nas imediações, é refinado na cidade, embora a refinaria tenha sido várias vezes danificada durante a guerra civil que assolou o país entre os anos de 1975 e 2002. Luanda possui um excelente porto natural, sendo as principais exportações o café, algodão, açúcar, diamantes, ferro, sal, cobre, ouro, trigo e milho.

Os habitantes de Luanda são, na sua maioria, membros de grupos étnicos, principalmente o dos ambundu, mas nas últimas décadas cada vez mais também dos bakongo e dos ovimbundu. Existe uma população de origem europeia, constituída principalmente por portugueses estimada em cerca de 400 mil pessoas e uma importante comunidade chinesa estimada em 67 mil. A língua oficial e a mais falada é o português, sendo também faladas várias línguas africanas. Luanda foi a principal cidade a acolher os jogos do Campeonato Africano das Nações 2010.

De qualquer modo, juntámos algumas fotos de Luanda até 1975, onde se pode apreciar a beleza desta Capital.

Rua Pereira Forjaz, a caminho da Mutamba – 1965

Marginal (Av. Paulo Dias de Novais) – 1972

Cinema Miramar

[pub_quadro_exoclick]

Banco de Angola

Alameda D. João II, cruzamentos com Av. Brasil e Av. dos Combatentes

Rotunda do aeroporto

Liceu Feminino D. Guiomar de Lencastre

Hospital Central Maria Pia

[pub_quadro_exoclick]

Rua Luis de Camões, anos 60

Topo da rua Luis de Camões, junto ao largo do Quinaxixe

Estátua e rua de Luis de Camões

Mussulo

Rua Perreira Forjaz, logo a seguir ao largo Serpa Pinto

Rua Pereira Forjaz à Mutamba

[pub_quadro_exoclick]

Panorâmica – Robert Hudson, palácio D.Ana Joaquina, traseiras dos prédios da Maria Armanda e Ofir, Hotel Globo, prédios da rua Luis de Camoes

Panorâmica – bairros das Ingombotas, do Café, liceu e prédio do Livro ao longe

Marginal -Prédio na esquina onde funcionaram os Estudos Gerais Universitários, percursores da Universidade de Luanda

Marginal – CUF, Banco Totta Standard, Banco de Angola

Marginal – Pastelaria Arcádia

Praias da ilha – S. Jorge

Mutamba, o célebre “Bitoque” ao fundo

Estádio Sá Viana Rebelo – Sporting de Luanda

Museu de Angola

Baía de Luanda

Rua N. Sra. da Muxima

Marginal

Cidade baixa – Largo D. Afonso Henriques em 1º plano

Cidade baixa – Estádio dos Coqueiros

Praia do Sol

Largo Diogo Cão, junto ao porto