A necessidade do sutiã na sociedade feminina moderna

A necessidade do sutiã na sociedade feminina moderna

Muito antigamente, o sutiã era apenas uma faixa que transpassava nos seios. Logo após apareceram os famosos espartilhos nos quais não davam apenas beleza e volume aos seios. Mas também marcavam muito bem a cintura e às vezes serviam como castigo para as mulheres.

Na década de 60, este acessório virou símbolo do feminismo como a tão falada “queima de sutiãs”. Esse movimento revelou a revolta das mulheres em favor ao respeito e para reivindicar os seus direitos. Com o passar dos anos este acessório foi ganhando cada vez mais espaço na mente dos estilistas, nas vitrines e na vida feminina. Suas peças cada vez mais criativas e ousadas mostram um lado sensual e delicado ao mesmo tempo da mulher.

O mercado dessa peça cresceu em ideias e estilos. Uma prova é a famosa marca de lingerie Victoria Secrets, que estampa lindos modelos das peças em belas mulheres famosas. Existem peças para todos gostos e bolsos. Dos modelos mais simples e confortáveis aos luxuosos e sexys. Seja ele delicado ou ousado sempre tem um que é a escolha perfeita. Será?

A necessidade do sutiã

O estudioso francês Jean-Denis Rouillon pesquisou durante 15 anos mulheres entre 18 e 35 anos, que fizeram uso diário deste acessório, e mulheres que por opção decidiram nunca usá-los. Pasmem vocês: a pesquisa revelou que a mama das participantes que usam diariamente o sutiã tende a cair 7 mm em um ano em relação as que não fazem o uso. Mas vale ressaltar que isso não pode ser confirmado com participantes que estão na meia idade.

O mais intrigante é que o estudioso diz que as mulheres que não fizeram o uso do sutiã tinham a mama mais firme e menos caídas. Algumas participantes que não usam o acessório dizem ser totalmente possível praticar qualquer tipo de atividade física sem prejuízo algum.

[pub_quadro_exoclick]

Por mais de quinze anos, os estudiosos avaliaram algumas mulheres e, ao contrário do que diz a crença popular, deixar os seios descobertos é bom para o corpo: “a falta de sutiã deixa os músculos dos seios mais firmes, o que faz com que eles demorem mais a ficarem flácidos. Além disso, ajuda a deixar os seios na melhor forma e previne também dor nas costas”, afirma o professor Rouillon, responsável pela pesquisa.

Mais fatores

Já o cirurgião plástico Jean Masson que também participou das pesquisas relata que o tamanho das mamas analisadas era médias/pequenas e que isso influenciou no resultado das pesquisas. E que também se deve levar em conta se a participante já teve filhos ou não. Afinal, a elasticidade tem um impacto grande nesse estudo.

Mas para você que nunca se acostumou muito bem com o uso deste acessório até então “indispensável”, e ao ler este artigo pensa em livrar-se de uma vez por todas desse incomodo, Rouillon alerta que para mulheres que sempre usaram o sutiã não é nada aconselhável tirá-lo de uma hora para outra. O motivo é que a musculatura das mamas de quem usa a lingerie estão acostumadas a serem sustentadas. É como se elas fossem “mal acostumadas” com a sustentação do sutiã e agora não mais conseguem fazer a auto sustentação.

“A decisão de não usar sutiã tem a ver com o conforto, noção de moda e aspectos estéticos. Mas, ao contrário da crença popular, os seios não caem, mas ficam mais firmes sem a lingerie, e a qualidade da pele também melhora”, explica o professor Rouillon.

Recomendações

Apesar dos resultados favoráveis, o especialista não dá recomendações sobre o assunto, já que afirma que o estudo foi feito com um número reduzido de mulheres e que os efeitos a longo prazo da falta de uso de lingerie são desconhecidos.

Estudos anteriores mostram que não usar um top durante as atividades físicas pode causar problemas como dores e lesões graves, já que os ligamentos que suportam as mamas não são elásticas e o prejuízo pode ser irreversível se eles forem danificados durante um exercício repetitivos ou em esportes de alto impacto.

Além da divergência de danos ou benefícios do sutiã na saúde física, parece que a falta dele afeta o sucesso profissional das mulheres. Um estudo do Centre for Talent Innovation descobriu que aquelas que não usam a peça no ambiente de trabalho têm menos chances de serem promovidas a cargos mais altos.

Vê também:

Sabes a Origem do Soutien?