O “Déjà vu” tem sido considerado um sexto sentido comumente associado a pessoas que têm uma inteligência superior.