Parece inofensiva, mas o que esta arvore faz é assustador

Parece inofensiva, mas o que esta arvore faz é assustador

 

À primeira vista, a Hippomane mancinella, mais conhecida como mancenilheira, é uma planta totalmente inofensiva. No entanto, já foi classificada até mesmo pelo Guinness Book como a árvore mais perigosa do mundo, tão perigosa que até já foi utilizada como um método de tortura macabro.

 

O que a torna tão mortal? Só o simples contacto com a casca ou folhas causa sérias queimaduras, e pode deixar uma pessoa cega. Ingerir um dos seus frutos que parecem maçãs atraentes pode ser a última coisa que fará na vida. Os conquistadores espanhóis que o digam, pois, além de serem amarrados nestas árvores, sofreram muito com dardos envenenados das suas folhas.

 

29453

 

A árvore, que pode atingir mais de 15 metros de altura, está localizada principalmente no sudeste dos EUA, Caribe e América Central. Possui uma casca castanho-acinzentada e as suas folhas são de uma coloração verde brilhante.

 

rh_0014_hipomane-mancinela-santiago0005

 

Não há uma única parte da árvore que não seja venenosa. Suas folhas e cascas têm um veneno que queima e pele e forma grandes bolhas. A seiva leitosa também causa queimaduras intensas. Seus frutos são relativamente gostosos, mas apenas uma mordida é capaz de criar várias bolhas e queimaduras em sua boca, garganta, e em todo o sistema digestivo, eventualmente matando a pessoa se ela comer grandes quantidades.

 

E é também uma péssima ideia se esconder da chuva sob essa árvore: a água que cai das folhas transporta toxinas até sua pele, o que, adivinha, também causa queimaduras e pode te deixar cego.

 

Com uma árvore tão mortal como essa, quem precisa de instrumentos avançados de tortura? Nativos da Flórida do século XVI torturavam espanhóis os amarrando nessas árvores durante dias chuvosos, e povos indígenas usavam seu veneno para criar flechas e dardos.

 

 

Cortar essas árvores também não é uma boa ideia. Ao fazer isso, ela libera suas toxinas em forma de vapor, e o contacto com esse vapor, mais uma vez, causa queimaduras e cegueira.

 

Há uma forma, no entanto, de remover o veneno da árvore. Basta deixar sua madeira cortados e frutos ao Sol. A madeira da mancenilheira foi muito usada para a criação de móveis coloniais, enquanto seus frutos já foram utilizados para o tratamento de doenças venéreas.